Grupo MASI

Modelos e Arquiteturas para Sistemas Inteligentes

O grupo de pesquisa MASI – Modelos e Arquiteturas para Sistemas Inteligentes – tem por meta fundamental projetar, implantar, analisar e validar sistemas computacionais inteligentes. Estes sistemas caracterizam-se especialmente por seus comportamentos autônomos na resolução de tarefas que demandam inteligência.

Comumente, um sistema computacional inteligente é capaz de, entre outras coisas, planificar, diagnosticar, agir, regular-se e tomar decisões. Esses sistemas podem ser embarcáveis ou não, inseridos em contextos mutáveis ou não, parametráveis ou não, reais ou simulados.

Com efeito, um dos grandes desafios de pesquisa em Sistemas Inteligentes, Contextuais e Adaptativos tem sido o da representação e extração de conhecimentos e de raciocínio humano pela máquina. Maquinas contextuais, hábeis a responder adequadamente ao contexto no qual estão inseridas, concernem substancialmente a representacão do raciocínio humano. Robôs que se adaptem ao contexto no qual estao inseridos e que tenham capacidade de tomar decisoes dinâmicas nao pré-progamadas, têm sido objeto de acentuado esforço de pesquisa nos ultimos anos.

Dentro do grupo de pesquisa MASI, por exemplo, o projeto Robô Inteligente (RI) visa construir um robô que resolva tarefas tipicamente humanas, relacionadas a reconhecimento e extração de características de ambientes conhecidos e desconhecidos, tendo capacidade de aprendizado para uma posterior tomada de decisões em tempo real. O RI será autônomo, embarcável e parametrizável, permitindo alterações síncronas de contexto e de escopo de ações. Além disso, poderá ser comunicar com seus pares para resolver problemas de modo cooperativo. Algumas teorias cognitivas vêm ajudando nesse processo de compreensão da representação humana de conhecimentos para a geração de raciocínios.